terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Trakiná


Tê-la conhecido foi um imenso prazer...A cada dia de convivência eu descobria uma pessoa surpreendente, amiga, inteligente e acima de tudo: um coração bom!
Sabe quando você olha pra alguém e consegue enxergar o brilho da alma dela por dentro dos olhos?
Era assim que eu via você...seu brilho ultrapassava as barreiras da pele e transbordava pelos poros..
Um encanto, sim, apesar de estressada, um encanto de mulher...
Diversas vezes a vi chorar, e chorava como quem não sabe mais o que fazer a não ser deixar correr todo seu pranto, sua dor...
Lembro do: "Caramba, Letícia! Deus é muito bom comigo!" E eu, eu sorria das suas maluquices, seus desparates, suas risadas que atraíam todos olharem, seu tradicionalismo (velhinha, pela prof. blogueira)...
Mas, devo admitir que a vi plena no dia de seu aniversário, quando entre todos os amigos, ela correu pra abraçar aquele que por tanto tempo não dirigia uma palavra a ela, e nesse momento minha alma sorriu, sorriu e sorriu com os olhos cheios d'água.
Jéssica Thayná, pelo presente que és na minha vida, pela amizade, pelos conselhos, pelos puxões de orelha, pelos "é muito a mãããããe, menhinhu", Muito obrigada!
Te amo, morena!

P.S.: Uma trakiná que me deu mais alegria, mais brilho!
Menina linda: ''trakiná no seu crossfox''

1 Comentário:

jessica disse...

brigadu =/ ... saudadee =/

Postar um comentário

Cerejeira no Quintal © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO